- Che Guavira - sítio literário

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Sociedade Gráfica Vida Doméstica, 144 páginas, capa dura, formato 23x31,5cm², Brasil
sobre a editora:
Coloquei no final o quadrinho da aventura de Tor, que está em 3-D, removido o 3D. Assim há a opção de ler com as lentes verde e rubra, e ler normalmente. Idem a página seguinte.
Como eliminar o efeito 3D
O efeito consiste em linhas verdes e vermelhas sobrepostas desfocadas. Se tem de eliminar a linha desfocada verde, transformar de colorido em tom-de-cinza, pra reverter ao desenho original, escurecer o preto e clarear o branco.
No Krita (a interface é igual a do Photoshop):
Control-m (ou Filtro - Ajuste - Ajuste de curva das cores). No RGBA selecionar verde, colocar em input: 165, output: 83. Selecionar vermelho. Input: 213, output: 64. Clicar em Ok.
Control-U (ou Filtro - Ajuste - Dessaturar). É pra transformar em tom-de-cinza. Clicar em Ok.
Control-l (ou Filtro - Ajuste - Níveis). Na primeira linha tem três valores. 44 0,4 e 122 respectivamente. Clicar em Ok.
Esses valores são os que testei por tentativa e comparação. Outra figura, dependendo do tom, pode ficar melhor com outros valores, mas valores próximos.
 
Propaganda do guaraná Brahma. Já naquela época a mentira de que é natural. A enganação vem de longe.
 Conto contido na revista:
Um conto de amor bem fuleiro. A mentalidade da época achava bonito essas estórias moralizantes, maniqueístas, bem reducionistas. O príncipe, no caso um jovem barão, uma donzela com todas as qualidades e uma rival com todos os defeitos. Pode parecer bonito mas faz muito estrago na vida das pessoas mostrando à criança ou ao jovem um mundo idealizado, onde as pessoas não são como são.
Ironicamente os contos em texto são muito fracos mas os em quadrinho tem primorosos.
 Curiosidade:
Na página 73 um resquício do que parece ser outra publicação, subposta no lado direito. Ficou bem evidente na página 124, algo que parece uma marginal da Mad.
Pra resolver o problema de iluminação interna pus além das duas duplas lâmpadas de lede comprida mais uma dupla da mais longa. Ficou bom. Quase luz solar. Eis a comparação:
 
Fotografado fora sem relâmpago sob luz solar

Fotografado dentro sem relâmpago sob as luzes de lede reforçadas
Difícil decidir as figuras mas notes a diferença do texto. Sob luz solar o texto ficou muito mais nítido, muito mais adequado a processar OCR.

Nenhum comentário:

@templatesyard