- Che Guavira - sítio literário

sábado, 18 de junho de 2016

Se em nosso mundo vive uma humanidade paralela cuma civilização própria?
E se essa humanidade está em grau de desenvolvimento tecnológico notavelmente superior ao nosso?
A resposta a essas perturbadoras perguntas tem de ser, por incrível que pareça, afirmativa. É ao menos a conclusão à qual se chegou depois da leitura deste livro apaixonante que relata a aventura de dois exploradores nas misteriosas regiões da Amazônia, nos contrafortes dos Andes. Durante horas Yan e seu amigo José desceram às entranhas da terra e exploraram grutas e galerias.
Estrangeiro, tua audácia te consentiu a ultrapassar todas as provações. És o primeiro a ter o privilégio de vir voluntariamente. Então saibas que nossa civilização é muito mais avançada que a vossa, pois sempre dominamos a força do Sol e de vosso planeta Terra.
Um livro nas fronteiras do impossível!
De repente o inimaginável aconteceu. Seres pertencentes a uma civilização diferente da nossa. Semideuses que escolheram viver na entranha da terra nos cercaram e falaram.


Nenhum comentário:

@templatesyard