segunda-feira, 30 de julho de 2018

Papai Noel 041 - Tom & Jerry, 08.1955



Em Os sobreviventes do dilúvio (Noahs weg zum Amazonas), de Gerd von Hassler, Record, Rio de Janeiro, © 1976, página 64, citando 15 bilhões de megatoneladas métricas numa década. No original alemão, página 69,  diz 15 Billionen. É desaconselhável dar o nome do número, pois causa dúvida. O certo é escrever em exponencial, pois há dois principais tipos de escala de numeração no mundo: A curta e a longa, https://pt.wikipedia.org/wiki/Escalas_curta_e_longa. A usada no Brasil é a curta, desvantajosa em relação à longa, pois requer mais nomes. No Brasil 1 bilhão é 10^9 em vez de 10^12. Sugiro uma escala que seria a ideal: Elástica: 1 milhão (10^6), 10 milhões (10^7), 100 milhões (10^8), mil milhões (10^9), 10 mil milhões (10^10), 100 mil milhões (10^11), 1 bilhão (10^12), 10 bilhões (10^13), 100 bilhões (10^14), mil bilhões (10^15), 10 mil bilhões (10^16), 100 mil bilhões (10^17), 1 milhão de bilhões (10^18), 10 milhões de bilhões (10^19), 100 milhões de bilhões (10^20), mil milhões de bilhões (10^21), 10 mil milhões de bilhões (10^22), 100 mil milhões de bilhões (10^23), 1 trilhão (10^24)1 quatrilhão (10^48)
Notar a seqüência 6 12 24 48… (6 6.2 6.4 6.8)…

Síria vencerá, em português

Quando a FARC invadiu o Brasil e foi dizimada em território colombiano pelo exército brasileiro

Inteligência do jaguar na caça, 7:30

O palhaço Sataniarro, 3:10





Um folgado estacionado fora de vaga no atacado Fort, quase fechando a passagem

Coleção cartão-postal de Joanco








quarta-feira, 11 de julho de 2018

Papai Noel 40




Contribuição de Carlos Molina

Síria: Lajat. O primeiro cerco no sul (Legendado - AnnaNews)
Agora canal Síria vencerá com legenda em português

● A ação fantasmal não é fantasmal, e sim uma ligação na 4ª dimensão espacial. Na 4ª dimensão a gravidade é muito forte (por isso tão fraca aqui). Há partículas que escapam, não estão esmagadas restrictas à  3ª, por isso transitam também na 4ª. São elas a ligação entre partículas tão distantes entre si no espaço 3-dimensional.
Imagines um universo 2-dimensional exemplificado na superfície dum cedê. Se ponho ali um objeto em forma de U invertido e o movo, cada ponta da ferradura parecerá, aos hipotéticos cientistas do universo 2D, misteriosamente ligadas.
É o que Einstein não conseguia entender, por isso considerando falha a teoria quântica.
Einstein é um falso gênio. Se nota isso claramente em seu insosso e banal livro Como vejo o mundo.
Terra plana só num universo bidimensional.
Por quê em vez de deportar os valentões argentinos da torcida quebra-quebra não os levaram à frente-de-batalha na Síria, pra lutar corpo-a-corpo atacando os terroristas a baioneta?
Mulher é um bicho ignorante. Se as mulheres sempre reclamam que os homens só dão cantada nada original, sempre esnobando aguardar cantada original. Então por quê preferem presente banal como anel de pedra-preciosa em vez de, por exemplo, um criativo e satírico anel de porca de parafuso?
Por quê as tão cristãs não são obedientes, já que a Bíblia manda obedecer ao marido?
Já vai longe a época da pátria de chuteira graças-a-deus! É muito bom deixar de lado essa competição tão insípida, estúpida e corrupta e cada vez mais descaradamente manipulada.
Em vez disso deveria ter um carnaval mundial, um encontro folclórico de países. Já pensou mostrar nossa quadrilha junina, ciranda, boi-bumbá, samba-de-rosa, maracatu… ao mundo? Mas isso só com melhora cultural dos povos do mundo.
Antes do último jogo do Brasil comentei numas páginas, já alertando pro Brasil abrir o olho: Um Uruguai irreconhecível levando gols seguidos da França. Idem a Argentina, fazendo alguns pra disfarçar, quando o outro relaxou. Depois a Colômbia, mesma coisa. Carlos Molina confirmou que o técnico chamou muitos desconhecidos e deixou de lado muitos dos melhores. Em seguida o Brasil, idem.
Segundo vídeo, recurso de consultar, etc. Muita propaganda. Só pra inglês ver. Mas a arbitragem continua a mesma porcaria de sempre.
Pra quem não nasceu ontem…


segunda-feira, 18 de junho de 2018

revista Kripta, todos os números, postagem 2018


Repondo aqui, revisados, os números da revista Kripta
Breve mais números, até completar os 60 números e extra



Esta não foi escaneio meu. Restaurando a capa, repondo numeração de página afetada por corte, retificando inclinação. O contraste está bom. O bizarro fica por conta da página 62, grafado pornográfico em vez de holográfico. Além de lógica bem estranha.
Duas páginas reescaneadas, maiores que as anteriores
Não há página faltante, como dito num comentário
Na página 57 refiz os quadros com texto deitados ou de ponta-cabeça, incômodos pra ler na tela.

Coleção cartão-postal de Joanco






● Nhanduti é o artesanato mais famoso do Paraguai, um tipo de renda. Nhandutiba, um município de Minas Gerais. O quê um vocábulo tem a ver com o outro? De certa forma, tudo e nada.
Em português, nhandu é uma variedade de tarântula, mas em guarani é simplesmente aranha. Assim como no Brasil maracajá é um espécie de gato selvagem, em guarani mbaracayá significa gato. O significado mais aceito pra nhanduti é teia-de-aranha. É tal qual a lenda grega de Aracne. Em https://es.wikipedia.org/wiki/%C3%91andut%C3%AD se discute a obscura etimologia:
Não há consenso sobre o significado da palavra ñandutí. Em seu Enciclopedia paraguaya, o historiador Luis Verón mencionou três hipóteses:
Alguns investigadores o definem como tecido branco de aranha", por causa da cor das fibras produzidas por esses aracnídeos.
Outros, entre eles Josefina Plá, afirmam que o nome antigo era ñandú tini, que significa auréola de aranha, por causa da trama de raios concêntricos.
Há quem o defina como ñandú ty, lugar onde há muitas aranhas.
Nhandutiba é corruptela de Nhandutuba, lugar onde há muitas aranhas. Assim como Curitiba é corruptela de Curituba, mata de pinheiro, pinheiral. Portanto o que há em comum entre nhanduti e nhandutiba é aranha, não nhanduti.
Se no Paraguai, onde o guarani é língua corrente, a etimologia é complicada, imagines aqui!
● Tem vez que o pessoal faz coisa gozada. Na loja de ferragem Fortmix inventaram etiqueta de senha pra dia movimentado. O cliente pega a etiqueta no carretel mas não tem tela nem funcionário chamando. Simplesmente o cliente entrega a senha quando é sua vez. (?!)
● Outra coisa gozada é o pessoal que nada entende de geopolítica comentar tipo quero-ver-sangue, querendo ver a Rússia atacar com tudo, como se guerra fosse partida de futebol amistoso. Nem futebol é assim. Assim o Brasil levou 7, igual corredor olímpico que dispara com tudo, abrindo longa vantagem, logo se cansa e perde. Mas o mais gozado é que candidamente acreditam em notícias tipo que tem em tal lugar uma base chinesa ultra-secreta. No iutube, esputinique e outros, o pessoal acha que está lendo gibi de Super-homem, onde o leitor está noutro universo, onisciente e onipresente, sabendo que o super-herói é Clark Kent. Então acha que pode revelar a base secreta, como se os chineses estivessem dentro do gibi, não podendo saber que eles sabem. Também curioso é que os investigadores e pseudoinvestigadores que postam teorias conspiranóicas nunca são atacados nem silenciados como suas personagens. Tem de explicar a esses panacas, que a vida real não é gibi, é interativa. Mais outra coisa gozada é que os mesmos que acusam a Nasa de mentirosa e manipuladora não param de noticiar anúncios dela. E ainda pior: Notícias como Nasa revelou bases alienígenas na Lua, coisa que quem não nasceu ontem sabe que a Nasa nunca anunciaria.
● A abertura ilumináti da copa 2018. Cada vez mais horrível, insossa, psicodélica, berrante, aberrante, lisérgica, satânica mesmo, a abertura de copa mundial. É muito mau-gosto. E ainda aparece um cantorzinho lixo fazendo com o dedo. Baixaria pura. Deportam os retardados que fazem baixaria lingüística, mas pro cantorzinho do dedo, nada? Só porque é celebridade?
E o quê dá na cabeça de fazer brincadeira tão besta? E a maluquete desfilando com bandeira de perversão sexual. Pensam que estão noutra republiqueta das bananas gigante? Essa gente é do mesmo tipo dos folgados que estacionam em qualquer lugar e andam como adolescente em autódromo, que tentam levar vantagem em tudo. Na semana passada, saindo dum estacionamento de supermercado um sujeito já estacionava na ponta, no rebaixado, achando que podia porque ao lado era uma parede. Mas ali seria o mesmo que estacionar em esquina, tirando a visão de quem sai.

● Tem mais profeta na copa que no iutube. E a cera! Marcam dois jogos no mesmo horário, pra não ter combinação nem corpo-mole. Só se fizessem um jogo em cada planeta. O time é informado de que o outro fez gol, e começa a cera, catimba, olé, no melhor estilo tô-nem-aí-com-quem-comprou-ingresso. Já se viu fazer cera em vôlei, basquete? Nas lutas não tem a tal punição por falta de combatividade. E futeboleiro fazendo cera não é falta de combatividade? Por quê não tem tantos segundos pra sair do campo-de-defesa e cada jogador não poder receber a bola três vezes, seguidas ou não, sem sair do campo-de-defesa.
● O vídeo https://www.youtube.com/watch?v=0jVqDHChflo&lc=z23ksx5ognv4wriol04t1aokgwfek5pzed3veed2ttnhrk0h00410.1529856606118156&feature=em-comments, mostrando três lances de penais não marcados a favor do Brasil na partida a Costa Rica, foi bloqueado. Ali diz que a Pífia o bloqueou com base em direito autoral. Mas tal não procede, pois as leis internacionais dão direito a se citar, expor trechos com finalidade crítica, didática ou outra. Não é futebol o tema do canal. Ali se denunciou a venda, ou melhor, doação do Pré-sal na surdina, enquanto o populacho se distraía com a cororopa. Isso é censura descarada mesmo.

 Coleção cartão-postal de Joanco





Meu estilingue
A melhor bala não é esférica e sim oval








Na esquina da Tamandaré com a Tietê, no estacionamento da padaria Tietê, um boneco feito de engrenagem. Isso é obra-de-arte.
fotos de dom Ramão