sexta-feira, 14 de agosto de 2009


Esquadrão do Modess
Peça satírica em 2 cenas
Cena 1
A dupla Isafeia e Arroroso apresentam a nova vítima.
Isafeia: Hoje trataremos do Mário, que só usa roupa de bebê.
Arroroso: Pois é. Foi ao Dez anos mais jovem e o programa exagerou na dose. Olha só o resultado!
Aparece o sujeito vestido de bebê: Fralda descartável presa com grampos, chupeta e mamadeira na mão.
Isafeia: Olha só que figura! Um marmanjão desse, que só se veste de bebê.
Arroroso: Agora foi demais! Essa não!
Isafeia: Será que não percebes que essa roupa te deixa com um ar muito imaturo?
Arroroso: Tudo bem que assim contornas o problema da falta de banheiro público. Mas... Não! Temos de mudar isso!
Arroroso buscou o cestão e o pôs em cena.
Isafeia: Somos impiedosos. Jogaremos fora tudo o que não serve neste guarda-roupa. Esta fralda, fora!
Mário: Não! Essa é minha fralda preferida!
Arroroso: Esta chupeta, idem!
Mário: Minha chupeta!
Isafeia: Mamadeira, nem pensar!
Arroroso: Carrinho de brinquedo, lixo!
Isafeia: Babador?!
Arroroso saiu de cena e voltou puxando a babá pelo braço.
Arroroso: A babá também ao lixo! Vamos jogar fora esta mocréia!
Isafeia: Isso mesmo!
Um pega a babá pelo sovaco, o outro pelo joelho. Ela grita e esperneia. Põem na cesta.
Mário: Não! A babá não!
Começa a chorar.
Isafeia: Nada disso! Nada de manha!
Arroroso: Teremos de pedir ajuda a Supernane!
Isafeia: Ou criar o Esquadrão da manha. Te daremos este cartão com um crédito de 10 mil reais pra que renoves todo teu guarda-roupa.
Mário deu uma mordidinha no cartão.
Isafeia: Não é pra pôr na boca! Cacaca!
Arroroso: Agora daremos a primeira sugestão.
Apresentam uma blusa com listras de várias cores berrantes.
Isafeia: Escolhemos este modelito. É um tanto ousado. Mas, tendo em vista que o novo Mário será um sujeito alegre e engraçado, creio que cairá bem.
Arroroso: Isso mesmo. Vereis que o novo Mário será tão diferente que ninguém acreditará.
Cena 2
Voltam entrevistando o público:
Isafeia: O que achaste do novo Mário?
Transeunte: Muito bom. Agora ficou adulto.
Arroroso: Que tal o novo Mário?
Transeunte: Parece um cara muito divertido.
Isafeia: Então apresentaremos o resultado.
Arroroso: Que entre o novo Mário!
Entra o sujeito fantasiado de palhaço.
Mário: Criançaaaadaa! Quem faz pipi na cama? Bom-dia, bom-dia, bom-dia! Como vai, como vai tua tia? Banzai, banzai, banzai! Como vai, como vai, como vai?

Comunicado do Domingo ilegal de Gugu Liberado
Após o grande sucesso da reportagem especial sobre os santos incorruptos anunciamos uma sobre os políticos incorruptos. Não mais poderemos apresentar a reportagem porque constatamos que político incorrupto não existe.
O mesmo título será apresentado noutro quadro: Lendas urbanas.