quarta-feira, 29 de setembro de 2010


Já está a venda o Anuário brasileiro de literatura fantástica 2009


Numa iniciativa dos jornalistas e pesquisadores de ficção científica e fantasia César Silva e Marcello Simão Branco, o Anuário brasileiro de literatura fantástica foi publicado em primeira vez em 2005. Apresenta um amplo e profundo panorama do cenário fantástico nacional, em suas três manifestações principais, a ficção científica, a fantasia e o horror, além de contemplar também as criações híbridas entre estes gêneros e os chamados trabalhos de fronteira, isto é, o fantástico abordado a partir da perspectiva do fluxo literário.

Contém notícia sobre prêmios e personalidades, listas dos livros lançados durante o ano, artigo sobre o mercado editorial, com dados estatísticos e tabelas. Resenhas de vários dos principais livros de autores brasileiros e estrangeiros, entrevista com a personalidade do ano, ensaio de um especialista convidado, e uma seção histórica com datas e resenhas de livros importantes.

O anuário tem por meta realizar um registro do estado dos gêneros no país, além de auxiliar tanto os leitores em busca do que há de novo, como aos escritores que desejam destrinchar as tendências do mercado. E também a editores e pesquisadores, que estão em busca de um conhecimento mais sistematizado e amplo do que está surgindo e das perspectivas pro fantástico no Brasil.

O Anuário brasileiro de literatura fantástica recebeu, em 2010, o prêmio Melhores do ano, na categoria Melhor não-ficção, concedido pelo sítio Ficção científica e afins, da escritora Ana Cristina Rodrigues.

Repercussão:
Suas carreiras críticas, existentes há anos em várias publicações, e há seis anos no anuário, são o balanço global dos gêneros literários que analisais, o mais competente, sério e abrangente, dentro do universo crítico brasileiro.
— André Carneiro, autor de Confissões do inexplicável.

O anuário é uma das publicações de crítica de ficção especulativa mais independentes e de maior personalidade no país. Editores, pesquisadores, colecionadores de livros, escritores e fãs devem encontrar uma fonte de consulta, de avaliações e de opiniões críticas inestimável pra dar perspectiva ao momento atual.
— Roberto de Sousa Causo, autor de Anjo de Dor.

Um projeto raro e ambicioso, que apresenta uma perspectiva global e sistematizada a respeito do mercado no Brasil e confere uma unidade na qual os autores poderão se posicionar. Além disso contribui ao crescimento da crítica profissional e do estudo acadêmico, essenciais ao desenvolvimento de qualquer literatura.
— Luís Filipe Silva, site Efeitos Secundários (Portugal).

Mais informação:
Autores: César Silva & Marcelo Simão Branco
Acabamento: Brochura com laminação e orelhas
Miolo: 168 páginas preto e branco, em papel off-set 75 g/m²
Formato: 14,0 cm × 21,0 cm
Em breve a Devir deve divulgar a data de lançamento na cidade de São Paulo, em meado de outubro. Fiques atento.

No caso de manter um blogue ou sítio, por favor, gostaríamos que o anuário fosse divulgado. Podes usar o folheto (http://www.devir.com.br/literatura/fc_anuario-2009.php).

Desde já agradecemos.

Um abraço,
Marcello

Nenhum comentário:

Postar um comentário